Sambódromo recebe reforma completa de sanitários

Texto:

06/12/2019 15:51

Obras vão permanecer durante o período de ensaios técnicos; banheiros requalificados serão entregues para Carnaval 2020

Nesta primeira semana de dezembro, começaram os trabalhos para manutenção e reforma dos sanitários do Sambódromo, o Polo Cultural e Esportivo Grande Otelo.

O custo das obras ficou a cargo da Sukses Eventos Ltda, que atendeu ao chamamento público publicado no Diário Oficial do Município. A empresa trocou o investimento por datas para realização de eventos no Anhembi e contratou uma companhia especializada para a execução dos serviços de manutenção e reforma.

Foto: Jose Cordeiro/ SPTuris

As obras acontecem pelos próximos 60 dias e serão totalmente finalizadas para a realização do Carnaval, o maior evento realizado durante o ano no Sambódromo.

Os sanitários do Setor J serão incorporados aos camarotes, separados por uma divisão móvel, de modo que poderão ser acessados por eventos realizados na área externa ou por festas que utilizem o camarote. A abertura da divisória fica a critério da demanda do evento, de modo que a capacidade fica aumentada para o público.

Os sanitários térreos do setor B também serão reformados. A reforma contempla a troca de espelhos danificados, manutenção geral de peças hidráulicas, com colocação de peças antivandalismo, revisão de portas, colocação de faixas de pastilha no frontão das bancadas e mictórios, raspagem e execução de piso multilayer, pinturas, instalação de duas linhas de iluminação de led, troca espelhos danificados e reformulação da bancada dos lavatórios com colocação de saias em granito.

Os camarotes do Setor J vão sofrer alterações ainda mais profundas, com modernização do interior.

Ao todo, 102 banheiros, entre masculinos, femininos e os acessíveis, vão ser restaurados ou reformados. Os sanitários do Polo que não entraram no contrato do chamamento são os elevados, no Setor B e no Setor I. “Eles também vão receber melhorias para o Carnaval, mas feitas pela equipe de manutenção da própria SPTuris”, explica Marco Aurélio Carreira, diretor de Infraestrutura e Conformidade.