• PortuguêsEnglishEspañol
  • Carnaval 2015: a folia em números

    Texto:

    12/02/2015 16:56

    Nesta quinta-feira (11), o Sambódromo foi vistoriado pelo secretário municipal para Assuntos de Turismo e presidente da SPTuris/Anhembi, Wilson Poit. O local passa pelos últimos ajustes. Ontem aconteceram testes de luz, manutenção em alguns banheiros e a primeira pintura da pista, que já está quase praticamente pronta para receber os desfiles das escolas de samba do Carnaval de São Paulo 2015, que começam na sexta-feira (13), com apresentação das agremiações do Grupo Especial. Quase oito mil metros quadrados de área da passarela do samba receberam a nova pintura, de tonalidade cinza claro. Os camarotes também estão sendo finalizados, assim como a montagem das lanchonetes, da torre de transmissão, do Centro de Contr ole Operacional Integrado (CCOI – onde fica a central da segurança e de outros órgãos) e dos postos médicos. Tudo dentro do cronograma.

    Números do Carnaval Paulistano

    Durante a vistoria, produtores do evento mostraram em números a grandiosidade do Carnaval. Para se ter uma ideia, a pista de desfiles do Sambódromo, que tem 530 metros de extensão por 14 metros largura, possui uma área que corresponde a um campo de futebol.

    Placas e grades de isolamento também impressionam. Se todas as estruturas de fechamento utilizadas na montagem do evento fossem alinhadas lado a lado, seria possível fazer um “desfile metálico” desde o Sambódromo até a região do Anhangabaú, no centro da cidade, com direito a bis e retorno de volta ao local de saída. O percurso total chegaria a quase 12 quilômetros, mais de 22 vezes a distância da pista nos desfiles oficiais.

    Confira abaixo alguns números curiosos que fazem parte dos preparativos para a folia no Anhembi.

    • Pista de 530 m de comprimento por 14 m de largura, com declive para evitar poças d’água;
    • Nove setores de arquibancadas;
    • Área da Concentração: 23 mil m²;
    • Área da Dispersão: 14 mil m²;
    • Arquibancada Monumental (setor B), com capacidade para 7.748 pessoas, além de 8 camarotes;
    • Há ainda, ao longo da pista, oito outros conjuntos de arquibancadas, com capacidade para abrigar 1.740 pessoas cada um (com exceção dos setores D e G, que comportam 1.447 pessoas), e 103 camarotes com estrutura de sanitários e lanchonetes, que acomodam de 10 a 90 pessoas cada;
    • Capacidade total de público (incluindo arquibancadas e camarotes): 33 mil pessoas;
    • Sanitários: 580 unidades fixas;
    • 3 postos médicos de triagem no Sambódromo, com médicos, paramédicos, enfermeiros e auxiliares;
    • 14 ambulâncias de suporte básico (no Pavilhão, Dispersão, no estacionamento do PAMA e uma em cada setor do Sambódromo por noite);
    • 4 ambulâncias de Suporte Avançado com UTIs nos postos médicos e no Setor I;
    • Apoio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) com 4 ambulâncias e 2 motos de resgate;
    • Bombeiros civis e militares na pista, nas áreas da Concentração e da Dispersão.
    • 1.100 cavaletes da CET para fechamento de vias;
    • 2.700 grades, totalizando 5.400 metros;
    • 3.200 placas de fechamento metálico, num total de 6.400 metros;
    • 41 câmeras de vigilância espalhadas por todo o Sambódromo;
    • 1,7 megawatts de potência para a iluminação da pista;
    • 12 telões de LED;
    • Dois grandes reservatórios de água que somam cerca de 900 mil litros;
    • Dois poços que, juntos, podem puxar até 410 mil litros de água por dia.

    Efetivo médico

    Efetivo de segurança

    A cada dia de desfile, há mobilização de policiais militares, membros da Guarda Civil Metropolitana (GCM), seguranças privados, bombeiros e policiais civis. Confira abaixo o efetivo de cada um:

    • 1.100 membros da Guarda Civil Metropolitana (GCM)
    • Cerca de 500 policiais militares por dia
    • 600 seguranças privados
    • 60 bombeiros civis
    • 50 bombeiros militares
    • 70 policiais civis

    Para dar mais segurança aos foliões, além dos nove telões que estarão ao longo da avenida e que passarão instruções de segurança e localização de saídas de emergência, haverá 41 câmeras de segurança no Sambódromo.

    Área de operacional de órgãos de apoio

    O CCOI (Centro de Controle Operacional Integrado) está localizado atrás do setor A, próximo ao portão 13 (Marginal Tietê). Especialmente para atendimento ao público e à imprensa, no local haverá postos dos seguintes órgãos:

    • Deatur (Delegacia de Atendimento ao Turista)
    • DIPOL (Departamento de Inteligência da Polícia Civil)
    • DENARC (Departamento Estadual de Investigações Sobre Narcóticos)
    • Polícia Militar
    • Polícia Civil – Instituto de Criminalística (IC) e Instituto Médico Legal (IML)
    • Guarda Civil Metropolitana (GCM)
    • Subprefeituras
    • Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações)
    • CET (Companhia de Engenharia de Tráfego)
    • CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências)

    Revista preventiva

    Foliões e integrantes das escolas de samba passarão por revista preventiva feita pelos seguranças privados com acompanhamento da Polícia Militar. Conforme o artigo 3 da Resolução 122/85 da Secretaria de Segurança Pública, não será permitida a entrada no Sambódromo com qualquer tipo dos objetos listados abaixo:

    a) bebidas alcoólicas;
    b) substâncias tóxicas;
    c) fogos de artifício e de estampido ou artefatos do gênero;
    d) papel em rolo de qualquer espécie, jornais e revistas;
    e) balões em geral;
    f) materiais ou objetos que possam causar ferimentos;
    g) armas de fogo e branca de qualquer tipo e espécie;
    h) vasilhames, copo de vidro ou qualquer outro tipo de embalagem, contendo bebidas ou refrigerantes de qualquer natureza que, direta ou indiretamente, possam provocar ferimentos em caso de esforço físico isolado ou generalizado. Incluem-se aí: bandeiras com mastro, caixas térmicas e guarda-chuvas com ponta.

    Turismo e movimentação

    Segundo dados levantados pelo Observatório de Turismo e Eventos, núcleo de estudos e pesquisas da SPTuris, houve aumento de 1,16% no número de turistas no Sambódromo do Anhembi comparando 2014 com o ano anterior. Para este ano, a expectativa é que esse valor seja ainda maior.

    Em 2014, também houve elevação da permanência desses visitantes na cidade, passando de 2,6 para 4,4 noites, e crescimento de 4,5% nos gastos, que foi de R$ 728 em 2013 para R$ 762 em 2014. Para 2015, a estimativa da movimentação gerada pelos turistas no local seja de R$ 90 milhões para a cidade.

    As pesquisas realizadas pelo Observatório ainda apontaram que o Carnaval 2014 atraiu novo público ao Sambódromo do Anhembi: 45,5% dos entrevistados foram ao desfile pela primeira vez. Os 54,5% dos entrevistados que já vieram em outros carnavais podem ser considerados “veteranos”, tendo assistido ao desfile, em média, por sete vezes em anos anteriores.

    A organização do Carnaval em relação a 2013 também foi um fator positivo, já que a metade dos entrevistados afirmou que a organização do desfile foi melhor ou muito melhor.

    Nas mídias sociais, foram analisadas mais de 10 mil mensagens em plataformas como Facebook e Twitter, que tiveram impacto de 12 milhões de pessoas na audiência direta entre 24 de fevereiro e 2 de março do ano passado.

    Confira mais detalhes do público geral do Carnaval de São Paulo 2014:

    • Gênero: Mulheres: 57,9% | Homens: 42,1%
    • Renda média mensal: de 5 a 10 salários mínimo: 29,4%
    • Idade: de 30 a 39 anos: 30,8%
    • Instrução: superior completo: 42,4%
    • Ocupação: assalariado: 47,7%
    • Procedência:
    • Residentes: 76,5%
    • Região Metropolitana de São Paulo: 8,5%
    • Turistas nacionais: 13,1%
    • Turistas estrangeiros: 1,9%
    • Principais procedências:
    • Internacionais: México, Chile, Colômbia, Espanha e Itália
    • Estados brasileiros: SP, PR, MG, RJ e BA
    • Cidades de SP: Guarulhos, Campinas, Santo André, Osasco e São Bernardo do Campo

    Perfil dos turistas:

    Meio de hospedagem: Casa de amigos/parentes: 20% | Hotel: 17,4%
    • Chegada a São Paulo: Carro: 54% | Ônibus intermunicipal: 16,7% | Avião: 14,6%
    • Obtenção de informações sobre São Paulo: Internet: 64,3% | Amigos: 13,8%
    • Como comprou os ingressos: Bilheteria: 49,2% | Internet: 38,6%

    A pesquisa na íntegra do Carnaval 2014 está disponível em www.observatoriodoturismo.com.br.

    Todas as informações sobre o Carnaval de São Paulo já estão disponíveis no site oficial: cidadedesaopaulo.com/carnaval.