• PortuguêsEnglishEspañol
  • Anhembi é citado em segunda edição de guia de Acessibilidade Cultural

    Texto:

    09/12/2014 14:23

    O material foi lançado na última sexta feira, dia 05, e contou com a participação de diversos representantes da causa das pessoas com deficiência, dentre eles, o assessor da presidência da São Paulo Turismo, Roberto Belleza.

    Guia_Acessibilidade_Foto_BeatrizOliveira

    Roberto Belleza na mesa de autoridades no lançamento do guia. Foto: Beatriz Oliveira/ SPTuris.

    A cidade de São Paulo acaba de ganhar um novo material que vai garantir o acesso e a inclusão à cultura de mais de 2,7 milhões de paulistanos com deficiência. É a segunda edição do Guia de Acessibilidade Cultural da Cidade de São Paulo, lançado na tarde do dia 05 de dezembro, no Cine Sabesp.

    Originalmente lançado em 2012, o guia agora apresenta 66 novos espaços. São 252 estabelecimentos que se destacam por permitir acesso a pessoas com vários tipos de deficiência, e o Anhembi aparece com informações de acessibilidade como “casa de espetáculos”.

    O assessor Roberto Belleza esteve no lançamento e destacou as ações da São Paulo Turismo (SPTuris, empresa de turismo e eventos da cidade que administra o Anhembi) quanto à transformação dos seus espaços de eventos para torná-los acessíveis. “No Anhembi nossa busca por melhorias é constante. O Palácio das Convenções recebeu em agosto de 2013 o Selo de Acessibilidade, concedido pela CPA – Comissão Permanente de Acessibilidade da Prefeitura de São Paulo. Possuímos estacionamento com mais de 100 vagas reservadas às pessoas com deficiência, acessibilidade nos banheiros, telefones públicos e bebedouros, lugares para cadeirantes, pessoas com mobilidade reduzida e obesas em cada auditório, além de elevadores e plataformas elevatórias. Tenho planos para o futuro e minha meta é implantar a audiodescrição e disponibilização de intérpretes de libras no Sambódromo, para que as pessoas com deficiência visual e a uditiva possam se encantar também com o Carnaval paulistano”, destacou.

    O evento ainda contou com a presença de diversas autoridades dos âmbitos municipal, estadual e federal.

    Sobre o Guia

    O Guia é uma iniciativa do Instituto Mara Gabrilli e traz informacões específicas por tipo de deficiência – auditiva, física, visual e intelectual – e itens gerais de acessibilidade como estacionamento com vagas reservadas, disponibilidade de cadeiras de rodas, entre outros. O material está disponível nas versões impressa e on-line – www.acessibilidadecultural.com.br.

    Todos os locais listados foram avaliados pela oferta de acessibilidade física, acesso às informações, mediação para o público com deficiência e as propostas inclusivas desenvolvidas pelo local. Também compõe a avaliação a oferta de recursos como intérpretes de libras, audiodescrição, legendagem e o atendimento ao público com deficiência intelectual.

    Na versão on-line, por meio de uma ferramenta de busca, é possível encontrar teatros, museus, cinemas, centros culturais, casa de espetáculos e bibliotecas acessíveis. As informações podem ser localizadas tanto pela categoria do espaço, quanto pela região da cidade. Também é possível realizar buscas pelo nome do espaço cultural. As informações foram levantadas entre agosto e novembro de 2013, e os equipamentos que não ofereciam nenhum recurso de acessibilidade ou estavam em reforma na época da avaliação não entraram no guia.